Sobre o Grande Sertão

Em um dado momento de Grande Sertão: Veredas, Riobaldo encontra-se em um lugar desconhecido e se depara com uma outra gente, de outro tempo. Ali fica evidente o que é sempre sussurrado: cada espaço envolve seu tempo e seu homem. No lugar onde existe um único verdadeiro rio, não há muito para onde ir diante … Continue lendo Sobre o Grande Sertão

Falta de ar

Tudo o que eu gostaria era entender. As pessoas fazendo coisas erradas, as pessoas sofrendo. Por quê? Para que? Por quem? Para quem? Nunca encontrei a resposta. O mundo não pode estar errado, é você que precisa se adaptar. Sempre ouvi palavras assim. Se o mundo é feito pelas pessoas, o que está errado não … Continue lendo Falta de ar

Sobre filmes e a vida como um filme – um pouco de alguém

Quando era criança imaginava sempre a vida como um filme. Ora era um aviador, ora um velejador. Imaginava um roteiro triunfante, as falas sempre improvisadas, uma música para cada momento. Assim os momentos ruins se justificavam, o final quase sempre era feliz, o mocinho terminava com a mocinha. Dizem que algumas pessoas não crescem, eu … Continue lendo Sobre filmes e a vida como um filme – um pouco de alguém

Resenha -> Desta Terra Nada Vai Sobrar, A Não Ser o Vento Que Sopra, de Ignácio de Loyola Brandão

Terceiro e final livro da informal trilogia distópica de Ignácio de Loyola Brandão. Desta vez o flerte com o realismo mágico aqui é maior, servindo para potencializar a crítica feita. Temos literais montanhas de processos, regiões socioeconômicas divididas por abismos geográficos, políticos sendo agora chamados apenas de astutos. Há mais, muito mais aqui. Em um … Continue lendo Resenha -> Desta Terra Nada Vai Sobrar, A Não Ser o Vento Que Sopra, de Ignácio de Loyola Brandão

Resenha -> Não Verás País Nenhum, de Ignácio de Loyola Brandão

As vezes um livro inteiro merece ser citado. Seja pelo estilo, seja por qualquer outro fator. As vezes é pela capacidade de antecipar e extrapolar tendências do mundo real. Cada dia que passa o livro de Loyola Brandão torna-se mais um retrato visionário do mundo que vem sendo gestado. O mundo retratado parece absurdo demais … Continue lendo Resenha -> Não Verás País Nenhum, de Ignácio de Loyola Brandão

Sobre aqueles que não podem ser felizes

Felicidade Algumas pessoas não nasceram para serem felizes. Seja como veem o mundo, seja como interagem com outras pessoas, alguns humanos não conhecerão a felicidade. É um defeito de nascimento e a vida adulta apenas piorará seu gênio difícil e lhes dará uma aura hostil. Diante dos bem-aventurados, seu comportamento é de inconscientemente sugar toda … Continue lendo Sobre aqueles que não podem ser felizes

Questão

Todos temos uma grande questão, aquele mosquito zumbindo quando estamos quietos. As demais perguntas e as respostas que demos a ela gira em torno desta grande pergunta. Invariavelmente ela vai ser ligada a nossa experiência do mundo. Quando formulada ou pronunciada ela muitas adquire uma forma banal, porque se afasta longe de nós. A questão … Continue lendo Questão